A música e a felicidade

por: Amanda Mota
em: 21/11/2018


“Vou negando as aparências, disfarçando as evidências, mas pra que viver fingindo, se eu não posso enganar meu coração. Eu sei que te amo!” Se você conhece esses versos, fica praticamente impossível lê-lo em um tom normal. Quem nunca desabafou um sentimento através de uma música?

Algumas realmente parecem que foram feitas sob medida para determinada situação. Aquela famosa “minha música”, que quando começa a tocar você para tudo que estiver fazendo para prestar atenção.

Ouvir uma música pode trazer sensações bem variadas e muitas delas estão associadas com lembranças (boas ou ruins) de alguma história vivida. Aquela viagem inesquecível, um amor do passado, uma pessoa que se foi, seu aniversário de 15 anos, a festa de casamento… Quando o som começa a tocar é como se você revivesse todas aquelas sensações.

Às vezes a música faz parte do nosso dia mesmo sem percebermos. No caminho para o trabalho, enquanto estamos cozinhando ou fazendo uma faxina na casa, tem gente que ouve até durante o banho. E tudo isso porque a música traz uma sensação gostosa e dá, literalmente, ritmo ao que estamos fazendo.

Se você está em busca de tranquilidade e “um dia frio, um bom lugar para ler um livro”, pode escolher canções mais serenas, instrumentais. Existem músicas feitas especialmente para relaxar ou meditar.

No caminho contrário, se hoje for dia de exercícios ou aquela corrida pelo bairro, “please, don’t stop the music!”. Energia e animação para dar mais gás aquela manhã e espantar a preguiça.

E se a noite for a dois, músicas românticas embalam o clima apaixonado. Daí o cardápio é repleto de opções que vão desde trilhas de novela, passando por rock e até mesmo sertanejo.

O domingão traz um clima de nostalgia com os pagodes dos anos 90 ou aquele flashback da época que todos dançavam com passinhos e calças boca de sino.

Produzindo esse texto, descobri até que existe a Musicoterapia, ou seja, a utilização da música num contexto clínico, educacional e social para prevenção e apoio a problemas de saúde mental, promovendo qualidade de vida e bem-estar.

A música tem realmente o poder de transformar nossos dias. A frequência que entra pelos nossos ouvidos pulsa lá no coração e traz boas sensações ao nosso cérebro. A trilha sonora escolhida do dia pode trazer uma diversidade de sensações baseadas no que você está querendo sentir ou, ainda melhor, no que você não quer sentir. Vamos mandar a tristeza e os sentimentos ruins embora, com uma playlist cheia de músicas que te trazem boas lembranças!

Ouvir música pode ser uma boa alternativa também para quem quer limpar a mente. Algumas pessoas ouvem para trabalhar pois dizem que ajuda na concentração, outras ligam o som em momentos de descanso, justamente para não ficar pensando no trabalho.

Atualmente existem muitas formas de você reproduzir uma música e a facilidade de encontrar aquela canção em especial é muito maior! Existem aplicativos que reconhecem o som e trazem pra você a música em um toque. Até mesmo se você não fizer ideia do nome, colocando um trechinho dela no Google você consegue encontrar.

E para ouvir, não é mais necessário carregar uma disqueteira no carro ou um walkman na mochila. Basta ter internet no celular (e as vezes nem isso é preciso) para pesquisar em locais com o YouTube e o Spotify.

Nesse último, se você buscar por Dafne Macruz ou clicar aqui você vai encontrar várias playlists já prontinhas para quem quer ouvir e, claro, dançar também!

Samba, Bolero, Zouk, Forró, Sertanejo… você pode navegar pelos estilos e conhecer um pouco mais dos ritmos. Ouça a música e veja qual sensação ela traz para seu corpo.

Um item importantíssimo para quem quer aperfeiçoar a dança é justamente ouvir mais o ritmo escolhido. É preciso sentir prazer ao fazer isso pois a dança traduzirá para o corpo o que a música traz de sentimento para você.

Então se a música tem o poder de mudar o seu astral, ou potencializar o que você está sentindo, imagine só unir a música com a dança? É uma sensação inexplicável!

Nas Danças de Salão você pode curtir isso com uma dupla (conhecida ou não) e nas danças individuais você terá mais liberdade para explorar o seu corpo e tudo que a música possibilita.

Se você ficou curioso em sentir tudo isso, entre no nosso site clicando aqui, dê uma passeada pelos estilos de aula que temos, veja qual delas mais combina com você e venha fazer uma aula grátis!

Essa dupla de sucesso (música e dança) vai trazer um bem estar enorme para uma outra dupla, o seu corpo e mente. Vale a pena começar!

Não deixe de acompanhar nossos outros canais. Novos conteúdos relevantes todos os dias:

matérias relacionadas

Quando foi a última vez que você fez algo pela primeira vez?

Exercitando-se sem rotina

Tudo que você precisa ler para parar de postergar

Uma forcinha para Santo Antônio!

Encare a vida com positividade!

nossas aulas

Escola de Dança - Nossas Aulas

aulas

Confira nossa grade de aulas completa

Escola de Dança

danças

Em casal, individual e muito mais

Aulas - Diferenciadas

diferenciadas

Serviços especializados para você

Aulas - Fitness

fitness

Cuide do seu corpo e da sua mente

Aulas - Infantis

infantis

Atividades para suas crianças

Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter para receber novidades e promoções exclusivas: